Tudo pelo aborto: quando o ativismo se fantasia de jornalismo

Esta semana, Cláudia Collucci, jornalista da Folha de São Paulo, usou sua coluna para botar a boca no trombone e insinuar que vários senadores estão utilizando do “caos político” para aprovar matéria legislativa relacionada ao aborto. Eis suas palavras: Historicamente, parlamentares costumam aproveitar momentos de conturbação e incertezas políticas para realizar votações polêmicas que significam retrocessos…

Feministas: ontem e hoje

Recentemente, o blogueiro Wagner Moura trouxe a notícia de que todas as ministras do Governo Dilma Rousseff são favoráveis ao aborto. Apesar de algumas terem preferido uma declaração mais pela tangente (Ideli Salvatti, política experiente, deu declaração em que se mostra em cima do muro — nenhuma surpresa), a maioria deixou mais do que claro…

Pílula do dia seguinte: Folha de São Paulo falha feio

A Folha de São Paulo, em sua versão online, divulgou uma matéria entitulada “Adolescentes desconhecem como funciona pílula do dia seguinte“. Como é de se esperar quando estamos tratando com um veículo de tal importância para a imprensa nacional, imagina-se que a Folha cumpriria o papel de infomar aos adolescentes e demais interessados sobre o…

Veja e o aborto: os malabarismos de Reinaldo Azevedo

Quando o assunto é aborto, a revista “Veja”, conforme já foi dito neste blog, tem lado: o dos abortistas. Propositadamente (conforme mostrado aqui), esta publicação divulga dados fantasiosos sobre o aborto, e, neste particular, segue a antiga prática dos meios abortistas de exagerar nos números sobre o aborto como tática para flexibilizar a opinião pública…