Irlanda decide pela legalização do aborto

Após agir anos sobre a forma de pensar da população, religiosidade, valores e realizar uma pujante campanha publicitária; o aborto finalmente foi aprovado.

Anúncios

O feminismo e sua revolta contra a maternidade

Na excelente página do Facebook “Moça, não sou obrigada a ser feminista”, uma jovem defendeu o aborto tentando descolar este ato hediondo da própria idéia de que ele é um ataque à maternidade, o que havia sido trazido em questão por ocasião de uma postagem sobre o Dia das Mães. Tentou e se deu muito mal,…